Livro (PDF): "O professor e o louco"

A incrível história dos setenta anos de elaboração do Oxford English Dictionary e de como seu principal editor, o filólogo autodidata James Murray, cruzou com a figura trágica e fascinante do médico esquizofrênico William Chester Minor.No século XVIII, época de descobertas científicas e de expansão dos ideais iluministas, a Inglaterra encontrava-se extremamente atrasada nos estudos da própria língua. Enquanto França, Itália e Alemanha já possuíam livros e instituições dedicados à filologia, autores como Daniel Defoe e Jonathan Swift eram obrigados a se virar sem um dicionário que fixasse a língua inglesa. Obras como o maravilhoso A dictionary of the English language (1755), de Samuel Johnson, vieram suprir a falta prolongada desde os tempos de Shakespeare, que no século XVI teve de escrever suas peças sem um único livro ao qual pudesse recorrer para consultar a grafia ou o significado de uma palavra. Mas foi apenas no ano de 1857, em plena era vitoriana, que a ideia de um dicionário que abrangesse a língua inglesa como um todo, desde a preposição mais corriqueira até o substantivo mais longo e obscuro, veio à tona. Partindo de alguns preceitos já usados por Johnson, o New English Dictionary – futuro Oxford English Dictionary – usaria citações (literárias ou não) para ilustrar o sentido, a origem e as mudanças sofridas ao longo do tempo no significado de todas as palavras anglo-saxônicas. O uso de voluntários para empreender tamanho projeto foi uma iniciativa necessária e inovadora em sua época, e foi também o que permitiu o encontro de duas figuras fascinantes: o filólogo autodidata James Murray, irlandês de origem humilde, que dedicou quarenta anos à edição do OED, e o americano de família rica e tradicional, William Chester Minor, médico promissor e dedicado que teve de passar a maior parte da vida entre os muros de um hospital psiquiátrico e de lá foi um dos colaboradores mais profícuos e eruditos do dicionário. Com uma prosa simples e apaixonada, de quem descobre com o leitor a profusão de histórias que existe por trás dos setenta anos da elaboração do OED, Simon Winchester mergulha na vida desses dois personagens profundamente ligados àquele que é um dos maiores e mais importantes dicionários de todos os tempos.

Amostra Grátis do Livro para ler online

Quer receber um gostinho do que você encontrará no livro O professor e o louco de forma gratuita? Disponibilizamos esse trecho para você desfrutar sem infringir os direitos autorais do autor ou da editora.

Versão em PDF

Clicando no botão abaixo você poderá baixar de forma gratuita, prática e rápida o resumo do livro O professor e o louco para ler onde quiser. Esse é um documento liberado para compartilhamento, por isso, sinta-se à vontade para mandar para seus amigos!

O que os leitores dizem sobre este livro?

Quer saber a opinião dos nossos leitores sobre este livro e descobrir se é o livro ideal para você? Clique no botão abaixo e descubra o que andam falando sobre O professor e o louco

Ver avaliações

Gostei, quero comprar para incentivar o autor do livro!

Leu todo o conteúdo disponibilizado e se interessou ainda mais pelo livro? Clique no botão abaixo, você será redirecionado para a plataforma da Amazon de forma segura, onde encontrará mais detalhes sobre O professor e o louco e poderá aproveitar o melhor preço!

Vantagens de comprar um kindle da Amazon

Uma das grandes vantagens do Kindle são os valores pagos nos livros, que são consideravelmente mais baratos que suas versões físicas, a plataforma oferece ainda uma variedade de livros gratuitos.

Diferenças entre MOBI, PDF e ePUB

Mobi, ou Mobipocket, é um formato pertencente à Amazon, que permite ao leitor adicionar páginas em branco ou anotar nas próprias páginas de texto, oferecendo uma vasta gama de possibilidades de edição.

O formato foi construído para ser lido no dispositivo Kindle, da própria Amazon.

PDF, apesar de ser o mais conhecido, não é o formato mais adaptável para os leitores. Como um formato mais coringa, sua maior preocupação é o design da página, e não a legibilidade do texto em si, além de engessar o conteúdo, não permitindo edições.

Porém ainda é uma ótima opção para leituras de infográficos ou HQ ‘s, por exemplo, por conta da qualidade oferecida para imagens e o controle máximo de onde cada figura estará posicionada.

ePUB, Electronic Publication (Publicação Eletrônica), é um formato projetado para oferecer um conteúdo mais adaptável ao leitor, ou seja, a tela do texto é responsiva e se adapta de acordo com o tamanho da tela do dispositivo que está sendo utilizado para leitura.

Uma vantagem desse formato é poder dar zoom sem perder a qualidade e formatação das palavras.

Como funciona a assinatura do Kindle Unlimited

Kindle Unlimited é o serviço de assinatura da Amazon que oferece mais de um milhão de títulos literários. Sendo um assinante, você poderá “pegar emprestado” 10 títulos elegíveis do Kindle Unlimited de uma vez, sem data limite para retorno.

Não é necessário ter um aparelho Kindle para utilizar os serviços de assinatura da Amazon, uma alternativa de uso é instalar o Kindle Reading em um smartphone ou tablet de forma gratuita.